Somos um só


A noite iluminava nós dois
Apaixonados pelo mesmo desejo
Ser um do outro, sermos um só
Somos um só, não no corpo
Mas na melodia dos amantes perdidos.
(João Diniz)
.
.
.

Um comentário:

TaciFerraz disse...

Medo do amor e não saber amar; medo é uma armadilha que pegou o amor; medo é uma chave que apagou a vida..